" "

Blog - Saga Peugeot

Veja o que os condutores dizem sobre o Peugeot SUV 3008

17/12/2019

Antes de se decidir por um carro, nada melhor do que buscar a opinião de pessoas que já possuem o modelo.


A fim de te auxiliar nesse trabalho, coletamos o que as pessoas têm escrito na internet a respeito da experiência de ter um Peugeot SUV 3008. Confira aqui.


Peugeot SUV 3008 pelos donos (sem cortes)

O 3008 é uma obra de arte, pensado em cada detalhe com foco no motorista e passageiro. Testei vários SUVs, Compass, Sportage, Equinox, Q3…Mas quando entrei no 3008, simplesmente esqueci os outros. 

Design é questão de gosto, mas é difícil achar alguém que não se impressiona com o Peugeot. O carro tem uma montagem exemplar, a porta sobre a soleira, não suja ou molha em tempo chuvoso, evitando que você suje a roupa ao encostar na soleira. 

Lanternas em LED e faróis Full-LED, além de emitir uma luz belíssima, são muito eficientes, automáticos, comutação automática de farol alto, farol baixo progressivo, aumenta o alcance com a velocidade, aumenta a iluminação na direção da curva, etc, iluminação no retrovisor quando abre ou fecha o carro, acendimento do farol do lado estacionado com o carro desligado, fechamento do carro pelo botão no porta-malas, acesso sem chaves, etc. Motor esperto, econômico e responde bem quando precisa.

 Acionamento suave no modo Eco, mais rápido e responsivo no modo sport. Câmbio suave, trocas precisas e imperceptíveis. Interior é um show de tecnologia e conforto em todos os detalhes, bancos bonitos, confortáveis, com ajuste elétrico de assento, encosto e lombar, aquecimento, massageador (isso é muito bom em viagens e trânsito pesado) e extensor no assento para descanso das pernas. Painel digital configurável, bonito e intuitivo. 

Central completa, intuitiva, com regulagens e ajuste da eletrônica do carro. Iluminação interna é show, em tom azul nas bordas do teto solar e portas. 

Confortável na rodagem e isolamento acústico, em asfalto bom parece que o carro está parado de tão silencioso, nas ruas ruins absorve bem os impactos. 

A tecnologia empregada impressiona, o sistema de condução autônoma, leitura de placas, piloto adaptativo, etc. O carro é simplesmente maravilhoso”. (Anderson Cleiton da Silva, Londrina - PR, dono de um Peugeot 3008 Griffe 1.6, ano 2019).

“Antes de decidir pela compra fiz test-drives em modelos como New Tucson (cinto sub-abdominal pré-histórico), Sportage (pouca tecnologia), Outlander (nada empolga), Equinox (motor empolgante mas pouca sensação de luxo). 

No Compass apenas entrei na cabine, como tinha um Renegade a sensação negativa de conforto dos bancos foi a mesma. 

Ao fazer o test-drive no 3008 tive a certeza de estar em um carro de categoria superior. 

Aspectos como sensação de segurança, estabilidade, resposta do motor (não é o mais forte, mas é forte e bastante divertido, principalmente se você acionar o modo sport), conveniências (carregamento por indução, grande compartimento refrigerado) e mimos (massagem, iluminação decorativa em led) só aumentam o prazer de estar dentro dele, para quem gosta e para quem não gosta de dirigir. 

Os bancos, além de bonitos, são muito confortáveis, sendo o do motorista com todos ajustes elétricos (o do passageiro da frente tem ajustes elétricos somente no assento). 

As assistências à direção impressionam (que não se confunda com direção autônoma, pois não é o caso) e contribuem ainda mais para o conforto e segurança. 

O porta-malas tem ótima capacidade (520 l). O teto-solar panorâmico e o painel 100% digital (não tive qualquer dificuldade em me adaptar ao i-Cockpit, muito bom! 

Poder escolher os tipos de visualização é bem legal) são de série nas 2 versões disponíveis. 

Nenhum dos outros SUV’s que experimentei tinha tanta tecnologia como o 3008. Não dei nota máxima para espaço interno porque o espaço para pernas no banco atrás é bom, mas não excelente. 

E não dei nota máxima em suspensão porque já senti as rodas traseiras “quicarem” um pouco em pisos irregulares. 

Não que isso comprometa, mas pode ser melhorado. 

Claro que é um carro longe de ser barato, mas é o melhor custo-benefício da categoria. 

O programa Total Care da Peugeot é um item interessante e acredito que tenha ajudado bastante no custo do seguro (tem guincho 24h durante 8 anos depois da compra, mesmo que mude de dono)”. (Marcos Guenka, São Paulo - SP, dono de um Peugeot 3008 Griffe Pack 1.6, ano 2019).

“Como um ‘bom libriano’, beleza para mim importa.

Lógico que não é tudo, mas já é o primeiro atrativo. E digo isso principalmente quanto ao interior do carro, tanto que já tivemos o 3008 modelo antigo e nem achava ele tão bonito por fora, mas sim por dentro. 

Já perdi as contas dos carros que deixei de ter por achar ele muito bonito externamente, porém o interior era ‘brochante’. 

Ora, como vou passar a maior parte do tempo dentro dele, o prazer de guiar aliado a um excelente (e lindo) acabamento realmente fazem a diferença. 

As luzes azuis internas criam um charme à parte (e olha que nunca fui muito fã dessas iluminações internas!!!). 

Ademais, aliado a esse design lindo, também destacaria o excelente acerto que fizeram na relação câmbio/motor, eis que o carro tem um ‘rolar’ muito suave e o câmbio atende perfeitamente às várias situações, mesmo quando no modo sport (onde o carro altera bastante o seu comportamento). 

No modelo antigo quando se acelerava mais forte, o câmbio demorava muito para jogar para uma marcha acima quando se tirava o pé do acelerador. 

Hoje isso não mais acontece. 

Quanto à potência, acredito que ele seja uma das melhores relações potência/ consumo, na medida em que dá para fazer até uns 9,5 km/l na cidade (o que vai variar muito do tipo de uso, ou seja, pode também fazer uma média de 7 km/l) e tranquilamente 14 a 15 km/l na estrada (nesse caso é só manter uma média de 120 km/h no piloto automático – já fiz isso com 3 adultos, 1 bebê e porta-malas abarrotado). 

Posso destacar, ainda, o tamanho dele, pois é um SUV grande sem ser desajeitado para o dia a dia (mas imagino que uma família com 3 filhos possa talvez precisar de um carro um pouco maior). 

De resto acho que as outras pessoas já comentaram (bom nível de equipamento, som bom – apesar de não ser premium -, excelente estabilidade etc.).” (Carlos Eduardo da Silva Pinheiro, São Paulo – SP, dono de um Peugeot 3008 Griffe Pack 1.6, 2019).

Não resta dúvidas: o Peugeot SUV 3008 conquistou o público e só falta conquistar você! 


Que tal uma passadinha na Saga Peugeot para um test drive no modelo? 


Agende aqui.

Fale conosco
Loading...